10ª MASTERCLASS – Genética de Decisão! Como produzir 18 arrobas em 18 meses!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Dia 19 de Abril ocorreu a décima Masterclass da safra 2021/2022. Leonardo Souza discorreu sobre o tema “Genética de Decisão! Como produzir 18 arrobas em 18 meses!”.

Souza pontuou que para uma pecuária lucrativa, a principal estratégia é ter ganhos de uma arroba por mês, do nascimento até a comercialização deste animal.

Diante disto, os principais desafios encontrados envolvem o giro do estoque e o desfrute, onde principalmente em ciclo completo, temos uma grande quantidade de animais que não estão prontos para serem comercializados, gerando altas despesas para um pequeno lucro.

Baixo Ganho Médio Diário (GMD) impacta diretamente neste gargalo, onde um baixo ganho faz com que os animais demorem para estarem prontos para serem comercializados, ou no caso das fêmeas, entrarem no peso de reprodução, diminuindo o giro de animais no plantel. Ainda, a baixa eficiência alimentar pode causar altos custos com alimentação para um baixo desempenho animal, causando um sério desequilíbrio no caixa.

A sazonalidade de produção de forragens pode afetar também o resultado animal, onde existem períodos com alta produção e alto desempenho e em outros períodos, uma baixa produção de forragem impactando no desempenho deste animal.

Para alinhamento e correção destes problemas dentro da propriedade, a solução é diminuir a idade das novilhas expostas à estação de monta. Em fazendas que animais emprenham com 14 meses, foi notado um aumento em 30% na quantidade de bezerros com a mesma quantidade de fêmeas.

Além do mais, animais geneticamente selecionados para aumento de GMD e melhoria da eficiência alimentar, impactam diretamente o resultado.

Por fim, é necessário respeitar a sazonalidade de produção de forragem, escolher a melhor época de acordo com o regime de chuvas da região para produção animal para criar um sistema sustentável. Estação de monta curta é a base para melhores resultados. Tendo como exemplo a região Centro Oeste, quando os animais são desmamados em abril, o pasto está bom, é possível engordar os animais com baixo nível de suplementação.

Para que a fazenda tenha sucesso na prenhez com 14 meses, é necessário que estas fêmeas atinjam 200 kg na desmama, tenham um ganho de peso de 0,555 kg/dia após a desmama em 180 dias, e obtenham 300 kg na Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF). Para conquistar estes níveis de ganho, é necessário fazer o desmame na época correta e fornecer uma suplementação de 0,7% do Peso Vivo (PV).

Já para abater os machos com 18 meses, é necessário que os mesmos atinjam 240 kg na desmama, após isso, tenham um ganho de peso de 0,631 kg/dia em 190 dias, no início de novembro necessitam estar com 360 kg, e após, que tenham um GMD de 0,999 kg/dia até março. É possível atingir estes resultados aliando forragem mais suplementação de 0,7% do PV.